agosto 12, 2010

Hoje




Não tenho tempo para adiar a vida!
As horas que agora me sobram,
poder-se-ão esgotar subitamente.
Porventura nem oportunidade terei
para enumerar o que desperdicei e não fiz.
Quero adormecer com a sensação de tê-lo feito…
Hoje!!!

(Caminheiro, in "Calçada dos Sentimentos")

2 comentários:

  1. Oi, Querida Sonja! Adorei o efeito dessa foto! Um beijo, Deia.

    ResponderEliminar